Preencha os campos com os seus dados, clique em "Enviar" e aguarde nosso contato.

* Nome:
* Endereço: * N°:
Comp: * Bairro:
CEP: * Cidade:
* Estado: Telefone:
Data de Nascimento: E-mail:
*Como nos Conheceu?
 

* Campos obrigatórios

Maria de Lourdes Fonseca Guimarães, de Barra do Piraí, aos 99 anos conta os segredos de uma vida longa.


Capa Edição 227

Atualmente, chegar aos 100 anos está cada vez mais comum. O obstáculo é alcançar um século de vida com saúde. Segundo pessoas com mais de cem anos ou perto de completá-los, existem muitas ‘receitas' de vida longa e com saúde. Segundo projeções, o número de pessoas nessa faixa de idade aumentará 15 vezes até 2050, passando de 145 mil em 1999 para 2,2 milhões em 2050. No Brasil, os centenários eram 13,8 mil em 1991 e, segundo dados do último censo (2010), são cerca de 30 mil pessoas.

Mas, como chegar aos 100 anos saudável, com disposição, boa memória e muito humor? Para Maria de Lourdes Fonseca Guimarães, de Barra do Piraí, que completou 99 anos no dia 21 de junho, a fórmula se resume a uma vida simples, de trabalho, fé em Deus, amor à família e também ao próximo. Sem problemas de saúde, Dona Maria de Lourdes revelou ao Caderno Especial que não existe segredo. “É um conjunto de coisas como dormir cedo (onze horas vou para a cama e sete horas da manhã estou de pé), ser positiva, saber lidar com os problemas que a vida nos apresenta e transformá-los em um grande aprendizado. Agradeço a Deus por tudo o que aconteceu até hoje em minha vida e pela oportunidade que tive de fazer parte da vida de pessoas que conheci ou fizeram parte desta minha longa existência”, revelou a quase centenária, destacando que fazer compras, o cardápio diário para o almoço e de lavar o banheiro, são algumas das atividades domésticas que faz diariamente. “São rotinas que não abro mão”, garantiu.

Maria de Lourdes nasceu em 1918. É filha do casal de portugueses Maria das Graças Ferreira Fonseca e Manoel Fonseca, que se conheceram somente depois que desembarcaram no Rio de Janeiro. Lá se conheceram e tempos depois se casaram. Manoel era marceneiro e veio para a região para trabalhar na Fazenda Veneza, em Conservatória (Valença). Dessa união nasceram sete filhos: Ramiro, Maria de Lourdes, Nair, Irene, José, Elza e Ladislau (o Lalau). Desses somente Maria de Lourdes está viva. Manoel, quando veio para Barra do Piraí em 1932, Maria tinha apenas 11 anos. Aqui ele fundou a Casa Manoel Fonseca, ficando a frente da administração até 1968, quando faleceu.

Maria de Lourdes ficou casada 64 anos com o dentista Waldyr de Souza Guimarães, com quem teve dois filhos: o saudoso Waldyr e o médico Cláudio. “Minha família foi socialmente ativa em Barra do Piraí, com a doação de um terreno atrás da Santa Casa, bem como o material para a construção de uma escola que existe até hoje no local. Na Santa Casa existe uma ala em homenagem a Manoel Fonseca e a minha irmã Irene foi umas das sócio fundadoras da Casa da Juventude (CAJU). Todos os irmãos de Manoel atuaram no comércio barrense, inclusive Ramiro a que foi o fundador do extinto Posto Minuano”, recordou Maria, que para manter a saúde do corpo - força e equilíbrio - recorreu aos serviços da personal trainer, a professora de Educação Física Mariana Junqueira, que ministra aulas que trabalham o seu condicionamento físico, especialmente das pernas.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

copy;2016 All Rights Reserved.