Preencha os campos com os seus dados, clique em "Enviar" e aguarde nosso contato.

* Nome:
* Endereço: * N°:
Comp: * Bairro:
CEP: * Cidade:
* Estado: Telefone:
Data de Nascimento: E-mail:
*Como nos Conheceu?
 

* Campos obrigatórios

Adolphina Arruda da Silva (Restaurante Adolphina de Ipiabas) com os sobrinhos Graziela e Jefferson.


Capa Edição 237

Restaurante Adolphina - Uma Referência!


A nossa capa deste mês é ilustrada pela empresária Adolphina Arruda da Silva, titular de um dos mais tradicionais casas da região, o Restaurante Adolphina, de Ipiabas e seus sobrinhos Graziela Ferreira da Silva e Jefferson da Silva Cappato. Adolphina é oriunda de uma numerosa família. Sua mãe Lídia Brandão da Silva (faleceu com 102 anos, no dia 06/03/18), foi casada com o saudoso João Ferreira da Silva, com quem teve onze filhos: Adolphina, Nelson, os saudosos Benedita e Nercílio, Elza, Zé Carlos, Maria Aparecida, Regina Helena, Nilza, Antônio Geraldo e o saudoso Hélio. Desses, trabalham na casa Nelson, Elza, Maria Aparecida e Antônio Geraldo. Mas, a nova geração, os sobrinho Graziela e Jefferson, e ainda o sobrinho neto Gustavo, também já está presente no dia-a-dia da badalada casa, que completou 48 anos.

Graziela Ferreira da Silva, natural de Barra do Piraí, é filha de Nilza Ferreira da Silva e Geraldo Luiz da Silva. Hoje com 33 anos, lembra que ainda pequena, com seus 7 anos, ela e seu irmão mais novo João Luiz (que optou pela informática), gostavam de frequentar a cozinha da tia. ‘‘Queria ajudar e apesar da pouca idade sempre rendia algo a fazer, como servir refeições nos finais de semanas. Os clientes elogiavam nossa iniciativa e o que acabava rendendo gorjetas’’, recordou. E assim, ela foi crescendo e também o seu gosto pela culinária. Com o tempo começou a fazer pesquisas sobre receitas e mais tarde cursos sobre a gastronomia. Graziela atua há 18 anos no ramo. Casou-se com Ronaldo de Andrade Cunha e dessa união nasceu Bernardo Ferreira de Andrade, o que segundo ela foi o momento mais especial de sua vida. ‘‘A opção pela gastronomia deveu-se ao fato de ter crescido vendo minha tia correndo de ‘lá prá e prá cá’ na cozinha e eu atrás querendo participar. Hoje, gosto de ver a alegria estampada nos olhos das pessoas diante do bom atendimento e de uma comida de qualidade e saborosa. Acho que tudo isso fortaleceu minha decisão de seguir os passos da tia Adolphina’’, destacou Graziela, revelando que a definição clara das funções de cada um, colabora muito para a harmonia do ambiente. “Para nós, o importante é o barco ser conduzido em uma só direção”, concluiu. E, para terminar, ela revela que o segredo do sucesso está na perseverança, qualidade que a tia Adolphina tem de sobra.

Já Jefferson da Silva Cappato, 29 anos, nascido em Ipiabas, é filho de Maria Aparecida da Silva e Fernando Antônio Nogueira Cappato. É solteiro e também trabalha no Restaurante Adolphina. ‘‘Minha opção por trabalhar no ramo não podia ser outro, ou seja, o fato de ser um empreendimento da família. Isto sempre fez parte do meu dia-a-dia e essa convivência despertou em mim o gosto pela área e me levou a querer ajudar de alguma forma a tocar a empresa. Outro fator que contribuiu pela minha escolha foram os turistas que procuravam o restaurante buscando uma alimentação de qualidade, com um tempero caseiro, com pratos típicos como a Tilápia, frango ao molho pardo e coelho. É muito gratificante ver a satisfação nos olhos dos nossos clientes’’, contou Jefferson, acrescentando que o prazer da convivência e de estar sempre junto, trazem grandes benefícios para o trabalho em família. ‘‘Pela liberdade, pela amizade e pela confiança. Para mim, a família é a base de tudo”, afirma Jefferson.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

copy;2016 All Rights Reserved.